Home Da Redação Tapete dos Órfãos Armênios será exposto nos EUA

Tapete dos Órfãos Armênios será exposto nos EUA

1

PanArmenian

Coolidge_Armenian_Orphan_RugA Administração Obama informou o congressista Adam Schiff (D- CA) e o senador Ed Markey (D -MA) que a Casa Branca exibirá o Tapete dos Órfãos Armênios – tecido por jovens sobreviventes do Genocídio Armênio e presenteado ao presidente Calvin Coolidge em apreço aos esforços de ajuda dos Estados Unidos aos sobreviventes deste crime – em exibição pública durante um evento a ser realizado ainda no outono de 2014, segundo o Comitê Nacional Armênio da América (ANCA).

O anúncio foi bem recebido tanto pelo deputado Schiff quanto pelo senador Markey, que se juntou com colegas do Congresso em uma petição para o lançamento do símbolo da ajuda humanitária dos EUA, segundo relatos, a Casa Branca se recusou a permitir a sua exposição em um evento que era para ser realizado no Instituto Smithsonian, em dezembro de 2013.

“Desde a primeira vez que levantei esta questão com a Administração, tenho trabalhado diligentemente com a Casa Branca para encontrar um caminho para que o tapete Ghazir seja sensivelmente e adequadamente apresentado” disse o deputado Schiff. “Hoje, tenho o prazer de ser capaz de dizer que o planejamento está em andamento para o Tapete dos Órfãos Armênios seja o quanto antes. Tenho trabalhado com a Casa Branca para que a exibição seja realizada em um local que esteja aberto ao público em geral, e aprecio a boa vontade deles de colocar este artefato significativo em exposição para que todos possam ver.”

O senador Markey concordou, observando que “O Tapete dos Órfãos Armênios é um símbolo importante da amizade de longa data entre a América e a Armênia. Exibir este pedaço significativo da história servirá como lembrete de que nós nunca vamos esquecer o Genocídio Armênio e destacar a necessidade de continuar a trabalhar para o seu devido reconhecimento. Recomendo ao presidente Barack Obama e a Casa Branca que trabalhem comigo e com os meus colegas do Congresso para garantir que este tapete tenha a exposição histórica que ele merece”.

imageA notícia também foi saudada pelo deputado David Valadao (R- CA), que, junto com o deputado Schiff, é o principal padrinho da resolução do Genocídio Armênio (H.Res.227 ) e liderou um esforço bipartidário no Congresso para garantir a libertação Tapete dos Órfãos Armênios. “Por mais de uma década, organizações armênio-americanas têm pedido à Casa Branca e ao Departamento de Estado para apresentar o tapete Ghazir publicamente”, disse o deputado Valadao. “O anúncio de hoje pela Casa Branca é um primeiro passo importante no sentido de assegurar que o Genocídio Armênio é reconhecido pela nossa administração atual. Meu distrito congressional, CA -21, é o lar de uma grande população de armênios-americanos, que têm uma forte presença em nossa comunidade. Como seu representante, fico feliz que a administração tenha decidido cumprir o nosso pedido para apresentar publicamente o tapete. O Tapete dos Órfãos Armênios é uma peça compartilhada da história americana e armênia que pertence ao povo americano”.

O Diretor Executivo da ANCA, Aram Hamparian, acolheu com agrado os esforços de longa data do Dep. Schiff, o senador Markey e o Dep. Valadao buscando a exibição pública do tapete, mas observou que a vigilância continua a ser a chave para garantir que a apresentação tapete, de fato, aconteça.

“O contínuo aperto do governo turco sobre a política do governo Obama sobre o Genocídio Armênio tomou anos de esforço do Congresso e da comunidade para garantir a exibição pública de um tapete tecido pelas crianças sobreviventes desse crime – um artefato único que, deve-se ressaltar, é um pedaço de propriedade dos EUA e uma parte significativa da história americana”, disse Aram Hamparian. “Nós aplaudimos os esforços do deputado Schiff, o senador Markey, dep. Valadão e outros para garantir a exibição pública deste tapete, e continuaremos a acompanhar de perto esta questão nas próximas semanas e meses.”

Comment(1)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *