Home Cultura Conheça Conheça o gato de Van, o Gato Armênio
3

Conheça o gato de Van, o Gato Armênio

3

Tacentral e outras

armenian van catO gato de Van, Van Cat ou Vana Katu, é considerado uma das raças mais belas e incomuns conhecidas. Eles têm uma longa história que remonta aos primeiros registros do lago Van e Armênia ancestral. Eles são indígenas para a região de Van, no coração histórico de Armênia (atual Turquia), em especial para a cidade de Van, no Vana Lich (Lago Van).

Esse gato é uma raça natural, nem seleção humana nem cruzamento foram usados para estabelecer a raça. Estão entre as raças mais caras do mundo principalmente por suas singularidades. Em geral, gatos de Van possuem manchas na base das orelhas, corpo branco, rabo rajado e (com frequência) olhos de cor diferentes, além de serem exímios nadadores, conhecidos por nadarem naturalmente no lago Van.

Características
A marca de impressão digital em seu ombro esquerdo é chamada de “sinal da bênção de Deus”, que, de acordo com uma lenda armênia, todos os gatos de Van possuem, quando depois do Dilúvio, Deus abençoou o gato Van ao sair da Arca de Noé e desembarcar no Monte Ararat.

Sua pele é rosada e seus ouvidos têm longos tufos internos, com curvas delicadas, às vezes com ‘penas’ nas pontas. Os olhos destes gatos variam em três tipos: dois olhos azuis, dois olhos castanhos e, os mais bonitos e valiosos, um olho azul e outro castanho.

Os puros possuem manchas marrons nas orelhas, corpo branco com uma ou outra mancha e cauda rajada marrom.

É a espécie que mais tem facilidade para nadar no mundo, entrando espontaneamente na água. Possuem uma membrana entre os dedos, que os ajuda no impulso e possuem o corpo coberto com uma camada oleosa, que lhes permite nadar na água de 35-40 graus. Crescidos, os gatos de Van podem pesar até 10 kg.

Van_cat

Origem e controvérsia
A cidade de Van é uma cidade armênia que foi tomada pelos turcos durante o Genocídio Armênio. Prevaleceram na região pós Genocídio muitos curdos e, resultado do Genocídio Cultural Armênio, o gato de Van passou a ser chamado de Gato Curdo de Van ou, após a descoberta do valor comercial da raça, Gato Turco de Van.

Mas a origem do gato de Van data de muito antes de 1915 e de muitos antes da ocupação de povos invasores. Os primeiros registros da raça são de desenhos talhados em cavernas na Idade do Bronze.

DSCN0034_closeupO gato foi exportado primeiro para o Oeste da Turquia atual em 1955 por Laura Lushington e Sonia Halliday, duas mulheres britânicas que estavam viajando pela Turquia. Eles perceberam que os gatos particularmente ao redor da área de Van no atual leste da Turquia tinham uma semelhança notável com o tipo Angorá tradicional. A diferença mais notável, porém, foi que o corpo não era branco puro, mas tinha marcas ruivas na cabeça e uma cauda castanha levemente rajada. Laura trouxe dois gatos de volta à Grã-Bretanha, e ao acasalarem produziram filhotes que continham as mesmas marcas. Foi neste momento que Laura percebeu que esta era uma raça natural, e não induzida pelo homem.

Ironicamente, os turcos têm agora uma seção especial em seu website do governo sobre o gato, contando que seus antepassados chamaram este gato “pisik”. Pisik é uma palavra puramente de raiz armênia, significa “gatinho”. Parece que os turcos entendem que seus antepassados são armênios, ou talvez, queiram admitir o quanto de sua cultura atual é formada pela cultura armênia.

De qualquer forma, os gatos de Van têm o nome internacional da raça de gato turco de Van.

Região
Assume-se que o isolamento geográfico é responsável pela preservação desta raça única de gato. A característica mais notável da região da Anatólia (atual Turquia Oriental) é o Lago Van, na região de Bznuniq da Armênia histórica, abrigado pelas montanhas de Suphan no norte, e monte Nemrut (3046m), na faixa de Taron, a oeste do lago de Van. Há um outro monte Nemrut (1919m, em armênio “Ashimun Ler”), ao sul, perto do primeiro século aC, também conhecido como o local de sepultamento para os reis da Armênia.

Entre as histórias mais tristes sobre o Gato Van estão os relatos de como os turcos usavam os animais como um meio de tortura aos armênios antes e durante o Genocídio. Um conto relata como turcos capturavam armênios e os colocavam em sacos de pano com gatos Van, batendo no saco. Os animais, impulsionados pelo medo do que acontecia, arranhavam o torturado.

Social
O Van é um gato leal, amoroso e muito inteligente. Seu temperamento depende muito da sua criação, a quantidade de contato humano e de manipulação que recebe como um gatinho, e do temperamento da própria mãe.

Vans são ótimos escaladores, não se surpreenda ao encontrá-los sentado em cima de portas, móveis ou armários.

armenian_Van_kittenEmbora a afinidade com a água seja uma característica da raça, nem todos necessariamente gostam de nadar. São conhecidos por nadar na banheira, piscina ou até mesmo o mar. Moradores locais contam que Vans chegam a mergulhar até 9 metros para pegar peixes no Lago Van.

Eles gostam de estar envolvido em tudo o que seus donos fazem e segui-los como um cão. Algumas pessoas dizem que gatos Van são mais parecidos com cães do que gatos. Em geral, eles convivem muito bem com cães de fato, mas o gato Van vai querer ser o chefe. Na maioria dos casos, as fêmeas são mais independentes e, se você tem um macho e uma fêmea, é ela normalmente que manda, mas sempre há as exceções.

Raridade
Com a expansão do povoamento e variedade de cruzamento de espécies tornou-se mais difícil encontrar gatos de Van puros. Por isso o preço varia ente $300-600 para a maioria da raça, com alguns casos únicos de $2.000-5.000.

 

Conheça também Gampr, o cão armênio

Comment(3)

  1. Nossa amei a matéria eu tenho um gato Van Armênio e não sabia as caracteristicas são realmente identicas, amo meu gatinho, eu amo gatos, fiquei muito surpresa e feliz, ele só não tem um olho de cada cor os dois são castanhos, parabéns a matéria foi ótima.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *