Home Da Redação Sarkozy é alvo de criticas após dizer em Yerevan que Turquia deve reconhecer genocídio dos Armênios

Sarkozy é alvo de criticas após dizer em Yerevan que Turquia deve reconhecer genocídio dos Armênios

Fontes combinadas –

Ancara reagiu de forma agressiva à visita de Nicolas Sarkozy à Armênia, durante a qual o presidente francês apelou ao reconhecimento do genocídio armênio por parte da Turquia.

O Ministro de relações exteriores da Turquia reagiu dizendo que “tais declarações constituem num oportunismo político. Infelizmente, é algo que acontece na Europa cada vez que nos aproximamos de uma eleição”.

Nesta quinta-feiraem Yerevan, o presidente frances declarou que, “se um grande país, como a Turquia, admitisse uma página negra da sua História, a existência do genocídio do povo armênio no início do século XX, a França e a Armênia considerariam o gesto como um importante passo em frente”.

A Turquia nega até os dias de hoje o massacre de um milhão e meio de armênios no fim do Império Otomano, e não admite que seja classificado como genocídio.

Armen Kevork Pamboukdjian Jornalista de formação, é editor-chefe do site Estação Armênia.

Deixe um comentário