Home Da Redação Visando preservação, escalada em formações de Garni é proibida

Visando preservação, escalada em formações de Garni é proibida

0

Foto: Up The Rocks

Icônicas colunas de basalto com formato hexagonal que mais parecem antigas colunas gregas. Este é o cenário que escaladores vinham frequentando a um bom tempo na região de Garni na Armênia. Nos últimos tempos o local conhecido como Desfiladeiro de Garni (Garni Gorge) virou ponto de festivais e começou a ser visitado com mais frequentado por escaladores de vários países.

As colunas de basalto da Armênia têm o status de monumentos naturais e sua escalada sempre foi algo ilegal. Visando preservar o status da formação rochosa, vários movimentos ambientais e civis se uniram, incluindo a Frente Pan-armênia Ambiental (PAEF) e “Save Teghut”.

A Alegação desses grupos é de que a prática da escalada estava causando impacto negativo ao estado natural das colunas e também colocando em risco a vida de pássaros que se reproduzem próximos ao local. 

Analisando estes argumentos, no início do mês de maio, o Governo da Armênia baniu a prática do rapel e da escalada nas colunas de basalto e também anunciou que irá realizar uma operação de retiradas de todos os pinos e ganchos já instalados. 

local de escalada próximo a garni
Local fica próximo ao Templo de Garni. Foto: Antonov (Up The Rocks)

Desde 2009 o clube de escalada local “Up The Rocks” tentava desenvolver um estilo conservador de subir nas colunas utiliando apenas os parafusos nas buchas de rapel. Mais tarde, em 2012, após algumas discussões ambientais, a conclusão dos pesquisadores foi a de que esses métodos também colocavam em risco o estado natural das colunas.

Veja o vídeo e mais imagens abaixo:

Armen Kevork Pamboukdjian Editor-chefe e redator do Estação Armênia. Nascido na capital Paulista, é formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho, em skate pela faculdade das ruas e em causa armênia pela universidade da luta e resistência.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *