Home Baú Armênio Baú Armênio: Conheça a história de Shavarsh Karapetyan, o herói armênio

Baú Armênio: Conheça a história de Shavarsh Karapetyan, o herói armênio

1

O armênio Shavarsh Karapetyan é um campeão de natação aposentado da antiga União Soviética. Ele já conquistou 11 recordes mundiais, foi 17 vezes campeão mundial, 13 vezes campeão europeu e 7 vezes campeão soviético.

Na fria manhã de 16 de Setembro de 1976, Shavarsh estava fazendo sua corrida de rotina pelas ruas de Yerevan quando um ônibus com 92 passageiros perdeu o controle e caiu de uma ribanceira na água congelante do Outono armênio. No impacto a maioria dos passageiros ficou inconsciente, o ônibus afundou cerca de 10 metros.

Sem hesitar, Karapetyan pulou na água fria para resgatar os passageiros. Ele usou os pés para quebrar as janelas do ônibus. Um por um, ele salvou a vida de 20 pessoas (na verdade ele resgatou mais de 20, porém nem todas conseguiram sobreviver). Ele ficou aproximadamente 20 minutos na água gelada e realizou 30 mergulhos. Seu irmão – Kamo Karapetyan – também é nadador, e cuidou das vítimas que Shavarsh trazia à superfície.

Espectadores que assistiram-no resgatar os passageiros disseram que seus pés e costas estavam cheios de cacos de vidro. Perguntado mais tarde qual foi o pior momento do resgate, o nadador respondeu:

“Eu sabia que poderia salvar aquelas vidas, eu tinha medo de cometer algum erro. Estava tão escuro lá em baixo que praticamente não via nada. Em um dos meus mergulhos eu acidentalmente agarrei um assento ao invés de um passageiro… Eu poderia ter salvo uma vida. Aquele assento ainda me assombra nos meus pesadelos.”

Após seu 30º mergulho, Shavarsh ficou inconsciente. Seu corajoso ato lhe custou muito caro, ele adquiriu uma forte pneumonia e contaminação do sangue por causa da poluição da água. Os médicos não sabiam se ele iria conseguir se recuperar. Sua vida esteve por um fio durante os 46 dias em que ficou inconsciente. Ele finalmente se recuperou, mas não foi capaz de competir mais. Alguns especialistas entraram em acordo que ninguém senão Shavarsh poderia ter feito o que ele fez.

Como se não fosse o suficiente para uma pessoa só, no dia 19 de Fevereiro de 1985 Shavarsh Karapetyan estava próximo a um prédio em chamas que tinha pessoas presas dentro. Ele entrou correndo e começou a puxar as pessoas pra fora sem pensar duas vezes. Outra vez ele se feriu com quemaduras graves e mais algum tempo no hospital.

Desde 1993 Shavarsh vive uma vida simples. Ele é dono de uma loja de sapato em Moscou chamada “Segundo Fôlego”. Karapetyan recebeu uma medalha da UNESCO por seu heroísmo e um asteroide recebeu seu nome em 1986, o 3027 Shavarsh.

Tiramos o chapéu para esse verdadeiro herói que é o armênio Shavarsh Karapetyan.

Shavarsh Karapetyan à esquerda, em foto recente

Comment(1)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *