Home Da Redação Parlamento Europeu reafirma: reconhecimento do Genocídio Armênio é pré-condição para adesão da Turquia na U.E

Parlamento Europeu reafirma: reconhecimento do Genocídio Armênio é pré-condição para adesão da Turquia na U.E

0

Via Asbarez –

(Berlim) – O Presidente do Parlamento Europeu Martin Shultz anunciou na segunda-feira que a integração da Turquia a Europa está pré-condicionada ao reconhecimento do genocídio armênio, reiterando a decisão tomada pelo corpo de 1987.

“A Turquia deve reconhecer o genocídio armênio e isto será considerado um pré-requisito para entrar na União Europeia”, disse Shultz. Suas declarações foram publicadas no site oficial do partido do qual faz parte, um Partido de Esquerda na Alemanha, que também saudou a posição. Shultz disse que a Turquia deve enfrentar sua história.

O líder do Parlamento Europeu fez a declaração durante uma reunião com o Ministro de Integração Europeia da Turquia Egemen Bagis, que, durante uma conferência de imprensa, se recusou a responder a perguntas relativas ao anúncio e os comentários que ele fez no início deste ano, na Suíça, efetivamente negando o genocídio armênio.

O Presidente do Parlamento Europeu Martin Shultz confirmou a pré-condição na reunião com o Ministro de Estado turco. Ademais, eles discutiram o papel oficial da Turquia na Síria, as questões de visto e eventual adesão do país na União Europeia.

Tradução: Michelle Mekhalian

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *