Home Da Redação Serj Tankian faz declaração sobre veredito do caso das garotas do Pussy Riot

Serj Tankian faz declaração sobre veredito do caso das garotas do Pussy Riot

0

Via SiteofaDown.com 

Na sexta feira, o cantor Serj Tankian divulgou comunicado no site Axis of Justice (organização sem fins lucrativos voltada aos Direitos Humanos e política, criada por ele e por Tom Morelo) sobre o caso das integrantes da banda Pussy Riot.

No comunicado Serj repudia a decisão da justiça russa em sentenciar a dois anos de prisão as integrantes da banda Pussy Riot.

Em fevereiro deste ano as garotas realizaram uma oração “anti-putin” na Catedral de Cristo Salvador, durante passagem da banda pela capital da Rússia. Elas estavam detidas desde março acusadas de vandalismo motivado por ódio religioso.

Leia abaixo a declaração de Serj Tankian na íntegra traduzida por Lika Rodrigues do Site of a Down:

 ” A Anistia Internacional e várias outras organizações pelos direitos humanos têm sido ativos em promover e defender a liberdade de expressão artística pelo mundo inteiro. Entretanto, não há nenhuma organização global sem fins lucrativos exclusivamente representando os direitos dos artistas.

O caso da Pussy Riot é um exemplo clássico de artistas perseguidos por suas opiniões e expressão. Putin deveria perdoá-las imediatamente para mostrar que ele não teme suas críticas. Casos como este fazem escárnio do judiciário da Rússia enquanto faz de artistas heróis aos olhos das pessoas.

Os artistas deveriam boicotar apresentações em países que não permitem expressão livre de suas opiniões. Esta é uma razão por que o System of a Down nunca tocou na Turquia. Se não podemos usar a palavra ‘genocídio’ no palco sem ameaças ou prisões ou pior, não é um local favorável à expressão artística.”

Armen Kevork Pamboukdjian Editor-chefe e redator do Estação Armênia. Nascido na capital Paulista, é formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho, em skate pela faculdade das ruas e em causa armênia pela universidade da luta e resistência.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *