Técnico Vardan Minasyan deixa o Ararat-Armênia

0
0

Bicampeões armênios não acertam a renovação com o treinador.

No dia 15 de julho encerrou-se o contrato entre o técnico Vardan Minasyan e o Ararat-Armênia. Em anúncio nas redes sociais o time informou que “as partes tomaram uma decisão conjunta de não prorrogar o contrato”.

Minasyan comandou a equipe de 2018 a 2020, foram 69 jogos, 41 vitórias, 14 empates e 14 derrotas. Durante esse período o Ararat conquistou duas vezes o campeonato armênio, uma vez a supercopa e foi vice campeão da Copa da Armênia. O time também alcançou o feito histórico e inédito de chegar a fase eliminatória da UEFA Europa League.

Confira o comunicado oficial de Vardan Minasyan:

“Meu trabalho conjunto de dois anos com o “Ararat-Armênia” terminou. Durante esse período, fomos campeões da Armênia duas vezes, vencemos a Supertaça e, é claro, chegamos às Copas da Europa.

Quero agradecer ao dono do clube, toda a equipe, torcedores e, é claro, aos jogadores do time por seu trabalho bem-sucedido.

Desejo ao clube novo sucesso. “

Vardan Minasyan iniciou sua carreira futebolística como jogador em 1991. Meio Campista, atuou por Zangezour Goris, Pyunik Yerevan, FC Yerevan, Lausanne Sports (Suíça), Lokomotiv St. Petersburg (Russia) e no final da carreira retornou ao Pyunik para se aposentar em 2003. Nos clubes em que passou, disputou 261 jogos e marcou 53 gols. Ele também disputou 11 partidas pela seleção armênia.

Jogando pelo Pyunik, ele conquistou seis Campeonatos Armênios (19921995–961996–97, 200120022003). Duas Copas da Armênia (1995-96 e 2002) e duas Supercopas da Armênia (1997 e 2002). Ele também conquistou a Swiss Cup pelo Lausanne em 1998.

Como técnico, Minasyan estreou em 2004 pela seleção sub 21 da Armênia, em 2006 passou a ser assistente técnico da seleção principal, em 2009 virou técnico da Seleção Armênia onde permaneceu até 2013. Durante o período na seleção, Minasyan teve dois vínculos e dividiu as atenções e com o Pyunik, equipe que treinou entre 2008 e 2011. Entre 2014 e 2015 ele treinou o FC Tobol do Cazaquistão, retornou à seleção armênia em 2018 e no mesmo ano assumiu o comando do Ararat-Armênia.

Entre os títulos como treinador estão 5 Armenian Premier League  (200820092010 pelo Pyunik; 2018-19 e 2019-20 pelo Ararat-Armênia). 2 Copas da Armênia pelo Pyunik (2009 e 2010) e 3 Supercopas (2010 e 2011 pelo Pyunik e 2019 pelo Ararat-Armênia).

Vardan Minasyan foi eleito melhor jogador da Armênia em 2001 e quatro vezes melhor treinador da Armênia (2009, 2010, 2011 e 2019).

Jonas Veras Paulistano, pai do Victor. Formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho, Doutor Palhaço aos finais de semana, torcedor fanático do Ararat Yerevan, fã do SOAD e por consequência da cultura Armênia.

Deixe um comentário