Home Da Redação Morre Vahakn N. Dadrian, expoente dos estudos sobre genocídio

Morre Vahakn N. Dadrian, expoente dos estudos sobre genocídio

Morreu nos EUA no dia 2 de agosto o intelectual Vahakn N. Dadrian.

Nascido em Istambul em 1926, Dadrian era graduado em Matemática, História e Direito. Sua formação interdisciplinar proporcionou a ele um olhar multifacetado sobre os problemas históricos e sociais, sobretudo o genocídio. Dadrian era não apenas uma autoridade no genocídio armênio, como dos estudos e teoria do genocídio em geral, sendo parte da chamada “primeira geração” dos genocide scholars, responsáveis por criar essa área de estudos nos anos 1970.

Dado seu domínio de vários idiomas, Dadrian foi capaz de fazer pesquisas em diversos arquivos do mundo, revelando documentos desconhecidos até então sobre o genocídio armênio e criando tipologias sociológicas sobre o acontecimento que se tornaram referência para todos os estudiosos da temática. Um de seus últimos trabalhos foi o livro Julgamentos em Istambul, resenhado pelo Portal Estação Armênia em 2011.

Vahakn N. Dadrian foi professor da State University of New York e diretor de pesquisa em genocídio do Zoryan Institute. Embora laureado por inúmeras instituições e governos ao longo de sua carreira (veja a lista de prêmios e títulos aqui), a carreira de Dadrian foi marcada por escândalos sexuais que o afastaram da SUNY. Em sites e fóruns da internet, as acusações de abuso sexual contra Dadrian são contestadas por alguns como sendo parte de um plano da inteligência turca a fim de desacreditar o mais importante e vocal pesquisador do genocídio armênio no século XX.

Deixe um comentário