Home Esportes Ben Agajanian, a estrela da chuteira quadrada

Ben Agajanian, a estrela da chuteira quadrada

A história do kicker armênio que, mesmo com parte do pé amputado, conquistou dois títulos da NFL

A primeira edição do Super Bowl ocorreu em 1967, após a fusão entre duas ligas profissionais de futebol Americano a NFL e a AFL.  O período que antecedeu esta fusão ficou conhecido com Era pré Super Bowl, uma época em na qual a NFL e a AFL disputavam mercado e o futebol americano profissional ainda buscava sua consolidação. Foi durante essa época que um jogador armênio chamado Ben Agajanian se destacou.

Ben Agajanian nasceu no dia 29 de agosto de 1919 em Santa Ana, Califórnia, filho de James Agajanian e Hamas Kardashian, imigrantes armênios proprietários de uma empresa de coleta de lixo.

Agajanian disputou suas primeiras partidas na adolescência como aluno do Comptom Junior College e em seguida foi estudar na Universidade do Novo México onde defendeu o time universitário em 1940 e 1941 atuando em diversas posições entre elas a de Defensive Line (jogador da defesa responsável por bloquear os adversários) e Kicker (responsável por chutar a bola em algumas situações do jogo).

Foi no período universitário que ocorreu a tragédia pessoal de Ben Agajanian.

O jovem Ben Agajanian dividia o seu tempo entre os estudos, os treinos e o emprego em uma empresa de engarrafamento de refrigerantes quando, em 1941, uma parede de concreto esmagou seu pé direito o que lhe causou a amputação de quatro dedos.

O acidente com o pé direito quase encerrou a carreira do garoto quando ele foi informado pelos médicos que andaria mancando e nunca mais jogaria futebol americano. Entretanto um fabricante de botas projetou uma chuteira com o bico quadrado que lhe permitiu voltar aos campos, e então Agajanian se tornou um pioneiro no esporte.

chuteira com o bico quadrado de Ben Agajanian

Em uma época na qual época os atletas jogavam em diversas posições, o acidente obrigou Agajanian a se dedicar apenas à função de Kicker. “Muitos caras disseram que eu estava trapaceando porque eu tinha o dedo do pé duro”, disse ele ao Los Angeles Times em 2016. “Eu disse: ‘Bem, você também pode fazer isso. Se isso ajuda você, por que não?”

Após se formar na Faculdade, Agajanian serviu às Forças Aéreas Americanas como preparador físico em uma base militar na Califórnia e em 1945 fez a sua estréia na NFL jogando por um curto período no Philadelphia Eagles antes de ser transferido para o Pittsburgh Steelers onde foi Defensive End reserva. Nos Steelers, Agajanian quebrou um braço e voltou à posição de Kicker jogando com uma tipoia no braço.

Após a saída dos Steelers, Ben decidiu largar o futebol americano para começar um negócio de artigos esportivos, mas sua aposentadoria durou apenas um ano, pois ele foi jogar no Los Angeles Dons, equipe que disputava a AAFC, All American Football League, uma liga que durou apenas 5 anos (1944-1949) e, não conseguindo conquistar o mercado da NFL, fundiu-se com a mesma . Nos Dons, ele atuou por duas temporadas nas quais obteve bons resultados como kicker e decidiu então que se dedicaria apenas a função de Kicker.

Em 1949 Agajanian retornou à NFL e foi jogar no New York Giants. Após curta passagem pelo Los Angeles Rams em 1953, ele retornou aos Giants em 1954 onde se tornou ídolo e conquistou o título da NFL de 1956. Nos Giants ele permaneceu até 1957 quando se aposentou novamente.

Após 3 anos aposentado, Agajanian foi disputar em 1960 a recém criada AFL, American Foteball League, uma liga criada para concorrer com a NFL. O time que o contratou foi o Los Angeles Chargers onde ele jogou até 1961 quando passou um curto período no Dallas Texans antes de voltar para a NFL e disputar a liga pelo Green Bay Packers onde foi campeão nacional em 1961 e permaneceu na equipe até 1962.

Ben Agajanian retornou a AFL aos anos em 1962 e jogou pelo Oakland Raiders e em 1964 voltou para o Los Angeles Chargers para a sua ultima temporada, ele se aposentou aos 45 anos tornando-se um dos jogadores mais velhos a disputar uma partida de futebol americano profissional. Em 1966 dois anos após a aposentadoria de Agajanian, a NFL e a AFL se fundiram e então surgiu o Super Bowl, o confronto entre os campeões das duas ligas, evento que a cada ano bate recordes de audiência no mundo inteiro.

Agajanian disputou 13 temporadas por 9 equipes de 3 ligas profissionais diferentes. Ele acertou 104 field goals (3 pontos) em 204 tentativas e 343 extra points (1 ponto) em 351 tentativas. Um par de seus sapatos foi exposto no Hall da Fama do Pro Football em Canton, Ohio, em 1974.

O futebol americano ainda manteve-se presente na vida de Ben Agajanian por mais um tempo, ele foi treinador de kickers do Dallas Cowboys por 20 anos, além de participar de acampamentos e clinicas para jovens e crianças que queriam se desenvolver na posição de Kicker.

Assista ao vídeo:

Ben Agajanian faleceu no dia 8 de fevereiro de 2018 aos 98 em Cathedral City, California.

Jonas Veras Paulistano, pai do Victor. Formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho, Doutor Palhaço aos finais de semana, torcedor fanático do Ararat Yerevan, fã do SOAD e por consequência da cultura Armênia.

Deixe um comentário