Home Da Redação Ara Gevorgian afirma em jornal: “Comunidade de São Paulo quer vender a sede da escola armênia”

Ara Gevorgian afirma em jornal: “Comunidade de São Paulo quer vender a sede da escola armênia”

1

Foto: Armenpress

A juventude Armênia do Brasil não fala mais o idioma armênio, e o elemento armênio se perde na miscigenação com outros povos e culturas“. Foram esses os comentários que o tecladista renomado Ara Gevorgian fez aos jornalistas sobre sua recente turnê pela américa latina.

É dolorido saber que a comunidade Armênia de São Paulo está querendo vender a sede de sua escola, pois já não tem mais alunos. Cheguei a fazer um pedido pessoal, para que não façam uma coisa dessas“, disse Ara ao jornal Tert.am .

Nessa mesma coletiva estavam presentes as cantoras Arminé Nahabedian e Zaruhi Babahian. Elas reafirmaram que a questão do idioma Armênio na América Latina é um grave problema e que puderam constatar isso no giro que fizeram em 2011 pelo continente. ”Eles não sabem bem o idioma Armênio, e mesmo nas escolas não ensinam sobre a história e a cultura armênia” nos disseram os representantes da colônia.

A solução para esses problemas depende deles (comunidade armênia do Brasil) e de nós (governo da Armênia) disse a cantora Zaruhi Babahian “Se eles (comunidade) e nós (governo da Armênia) formos um pouco mais ativos, muitas coisas mudarão“. Armen Hairbedian, representante do Ministério da Diáspora, prometeu que no próximo ano (2012) muitos jovens armênios da América Latina serão convidados a conhecer a Pátria Mãe em uma tentativa de estreitar os laços e manter essa herança cultural

Comment(1)

  1. estes “dirigentes” se é que são, deveriam se preocupar com a corrupção nas eleições na armenia.
    também na vida social e esportiva . não sei como um país com tantos deficits sociais compra jogadores sem a devida tributação e não investe em saneamento básico, educação, saúde .

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *