Home Esportes Lutador de origem armênia, Gegard Mousasi deixa o UFC pelo Bellator

Lutador de origem armênia, Gegard Mousasi deixa o UFC pelo Bellator

0

Com informações de Combate.com

Apesar de nascido no Irã e naturalizado holandês, o lutador Gegard Mousasi é de origem armênia e seu verdadeiro nome é Geghard Movsesian.

Mousasi era um dos prováveis desafiantes ao cinturão dos pesos-médios do UFC, até a semana passada quando deixou a organização para assinar com o maior concorrente, o evento Bellator.

Mousasi, que já travava uma longa batalha com o Ultimate nos bastidores, fez o anúncio da mudança de organização na manhã da última segunda-feira, dia 10 de julho, e afirmou que o contrato com o Bellator será de seis lutas.

O armênio, inclusive, já tem seu primeiro combate marcado pela nova organização. Ele entra no ringue circular do no próximo dia 20 de agosto, quando enfrenta o russo Alexander Shlemenko no Bellator #185 que acontece em Connectitcut (USA).

Quero ser campeão lá. Se der certo, vou tentar subir de categoria e lutar pelo cinturão dos pesos-meio-pesados também. Mas, em um primeiro momento, meu objetivo é conquistar o cinturão dos pesos-médios – disse Mousasi no programa “The MMA Hour”.

Confirmada a mudança, o peso-médio se junta a lendas do MMA como Fedor Emelianenko, Wanderlei Silva etc. De acordo com o próprio Mousasi, as negociações se encerraram quando o Ultimate desistiu de cobrir a proposta financeira do Bellator.

Nós negociamos, mas essa foi a melhor escolha para minha carreira. Em determinado momento, eles decidiram que não iriam mais cobrir a proposta do Bellator e, assim, ficou claro que eu iria competir pelo Bellator – concluiu.

Vindo do extinto Strikeforce, Gegard Mousasi assinou entrou no UFC em 2013. Naquele ano ele fez sua estreia contra Ilir Latifi, vencendo por decisão unânime. Mousasi lutou 12 vezes pelo UFC, acumulando três derrotas (Lyoto Machida, Ronaldo Jacaré e Uriah Hall), além de nove vitórias. O peso-médio deixa o Ultimate com uma invencibilidade de cinco lutas, além de um cartel de 42 triunfos, seis reveses e dois empates.

Armen Kevork Pamboukdjian Editor-chefe e redator do Estação Armênia. Nascido na capital Paulista, é formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho, em skate pela faculdade das ruas e em causa armênia pela universidade da luta e resistência.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *