Home Cultura Eurovision 2016 começa nesta terça e Armênia tem boas chances

Eurovision 2016 começa nesta terça e Armênia tem boas chances

eurovision2016Você provavelmente pouco ouviu falar do Eurovision durante sua vida, e não é pra menos, a competição tem seis décadas de tradição e é o concurso musical mais esperado do ano… …na Europa.

Apesar de importante (e algumas vezes polêmico) o público da competição sempre foi muito restrito ao continente europeu, apesar de também ser popular na Austrália (que passou a participar da competição no último ano). Porém a globalização da informação tem popularizado cada ano mais a competição no resto do mundo. Prova disso é que a edição deste ano será transmitida até nos Estados Unidos.

O Eurovision é uma grande vitrine para os músicos, as músicas que participam serão tocadas nas rádios europeias pelo resto do ano (você provavelmente já ouviu várias delas e nunca desconfiou que vieram de lá). Em função disso as composições têm a tendência de ser mais “internacionais”, com letras em inglês e batidas mais pegajosas (apesar de muitas vezes essas não serem as campeãs).

E a Armênia nessa história?
Além de uma ótima oportunidade de divulgar nossa cultura (como fizeram as irmãs Inga e Anush e o grupo Genealogy) a grande campeã tem o direito de sediar a competição (nada mau os olhos inteiros da Europa voltados para Hayastan, não?). Até agora as duas maiores oportunidades armênias de abocanhar o troféu foram em 2008 (Sirusho) e em 2014 (Aram MP3), que em ambos os casos ficaram 4º lugar dentre os 26 concorrentes da final.

E como estão nossas chances esse ano?
IvetaA representante da Armênia este ano é Iveta Mukuchyan. Iveta tem uma carreira ainda em construção no mundo da música (o que é comum entre os participantes), participou de concursos de músicas na Armênia e na Alemanha, embora não tenha ganho nenhuma das competições conseguiu atrair os holofotes para si (muito também por sua beleza). A música desse ano, ‘LoveWave’, teve uma boa aceitação da crítica sendo considerada diferente e inovadora porém ainda dentro da fórmula de sucesso. Esse é o melhor cenário possível, já que composições muito controversas sofrem do amor/ódio dos jurados, as músicas que tem maior uniformidade de votos tendem a ter melhores posições. Com uma pegada bem moderna e alguns elementos da música armênia (ainda que poucos), LoveWave traz esperança aos armênios, ainda que modesta.

Como funciona a competição mesmo?
O Eurovision é composto de duas fases, a semifinal e a final.
As semifinais são disputadas em 2 grandes grupos de 18 países, uma no dia 10 e a segunda no dia 12 de maio. A Armênia participa da primeira semifinal, dia 10, às 16h (horário de Brasília).

Após os votos do público e jurados, 10 de cada semi se encontram na final, dia 14, com outros 6 países já pré-classificados, formando os 26 concorrentes ao troféu de 2016.

O resultado é dado ao vivo ao final das apresentações e é o momento mais tenso da competição, já que os resultados são dados país a país.

No geral, quem tem mais chances?
Quem deveria ganhar: Armênia, Grécia, Chipre, Malta, Austrália, Ucrânia

Provavelmente ganhará: Hungria, Armênia, República Checa, Malta, Suíça, Israel, Irlanda, Eslovênia, Dinamarca

A Armênia deve passar com certa tranquilidade pela semifinal e terá que segurar muito bem no palco para estar entre as primeiras posições na final. Afinal, o visual pesa e muito na decisão do júri, foi o que garantiu o título à Suécia no último ano por exemplo.

Eurovision 2016
Semifinal: 10 e 12/4 às 16h (horário de Brasília)
Final: 14/4 às 16h (horário de Brasília)
Ao vivo no site da Eurovision ou no canal oficial do Youtube

Assista à LoveWave, música interpretada por Iveta Mukuchyan, representando a Armênia:

Assista a todas as músicas participantes:

Deixe um comentário