Home Da Redação Deputado federal Arnaldo Faria de Sá expressa apoio aos armênios de Nagorno-Karabakh

Deputado federal Arnaldo Faria de Sá expressa apoio aos armênios de Nagorno-Karabakh

Faria de Sá 2No último sábado, dia 09 de abril, após encontro com mebros do CNA – Brasil, o deputado federal Arnaldo Faria de Sá divulgou nota oficial expressando preocupação e condenando o ataque do Azerbaijão contra os armênios em Nagorno-Karabakh (Artsakh), que reacendeu as memórias do conflito congelado há quase 22 anos, na noite de 01 de abril.

A manifestação de Faria de Sá vem poucos dias após outro político, o vereador Gilberto Natalini, grande defensor da Causa Armênia -e por consequência dos Direitos Humanos- também se posicionar contra o covarde ataque azerbaijano contra os armênios em Artsakh.

Na contra-mão dos direitos humanos e do princípio de autodeterminação dos povos, Cesar Maia e Rodrigo Maia, vereador e deputado federal pelo Rio de Janeiro, respectivamente, lançaram comunicado apoiando o Azerbaijão na questão de Nagorno-Karabakh (Artsakh).

O deputado havia compartilhado em sua página do Facebook uma postagem da Embaixada do Azerbaijão no Brasil agradecendo a solidariedade prestada por Cesar Maia a questão. A comunidade armênia, sempre atenta à internet, contra-atacou e de forma misteriosa as postagens desapareceram das páginas dos políticos (leia mais aqui).

 

 

Confira o conteúdo da nota do Deputado Federal Arnaldo Faria de Sá, abaixo:

NOTA PÚBLICA

Diante das notícias veiculadas dos conflitos armados na região de Nagorno-Karabakh, solidarizo-me com a população armênia da região e com a comunidade armênia do Brasil, enaltecendo o sentimento de paz que deve imperar diante de conflitos desta natureza.

Que o diálogo e respeito aos valores humanos universais possam ser os norteadores para uma solução pacífica na região.

Arnaldo Faria de Sá

Deputado Federal

 

[Hayeren]

Շնորհակալութիւններ հարգելի Քոնկրեսական Պր․Արնալտօ Ֆարիա տէ Սա։

Շաբաթ 9/4/2016 Պրազիլիոյ Դաշնային Հանրապետութեան Քոնկրեսի անդամ Արնալտօ Ֆարիա տէ Սա, Հայ դատի յանձնախումբին յայձնեց իր բաց նամակը ուր կ՚ըսէր«աջակցութիւնս կը յայտնեմ, բոլոր Հայ ժողովուրդի և ի մասնաւորինս Պրազիլահայ գաղութին,վերջի օրերուս Արցախի և Ազրպէյճանի հակամարտութեան լարուած վիճակին համար։

Խաղաղութեան մեր կոչը կը բարձրացնենք և որ երկխօսութիւնն ու հարգանքը մարդկային արժէքներուն ըլլան հիմքը,տարածաշրջանի խաղաղութեան»։

Երեքշաբթի 12/4/2016 հարգելի Քոնկրեսականը իր վերոյիշեալ կոչը անքամ մը ևս կրկնեց այս անքամ Պրազիլիոյ Դաշնային Հանրապետութեան Քոնկրեսի նիստի մէջ։

Կրնաք լսել Քոնկրեսականի խօսքերը վերի տեսահոլովակով։

Armen Kevork Pamboukdjian Jornalista de formação, é editor-chefe do site Estação Armênia.

Comment(2)

  1. O Azerbaijão em vez de reinvindicar areas azeris do Irã, prefere enfrentar os armenio, talvez por ser mais facil. Muitas fronteira desenhadas por pontencias Sovieticas e ocidentais que colocam etnias diferentes dentro de um mesmo territorio nacional deviam ser alteradas. Até agora o unico povo que teve a opção de dizer não foram os gregos de Chipre. Myanmar, Tailandia deviam abrir mão de areas muçulmanas que dão problema. Na Africa do sul brancos e mestiços deviam ter seu proprio estado na provincia de Cabo Ocidental, antes que sofram uma limpeza etnica ou mesmo um genocio.

  2. Quando vi 4 % da população Reino Unido exigir que o resto da população se submeta á sharia, só comprovou á que submissão o Islamismo se refere, submissão dos não muçulmanos aos muçulmanos. Quando bengaleses de Myanmar disseram que vão criar um estado muçulmano democratico em todo o Myanmar, me tirou qualquer duvida que pudesse ter a esse respeito.

Deixe um comentário