Home Retrospectiva NagornoKarabakh Exército de Karabakh avança neste domingo e recupera posições perdidas pro Azerbaijão

Exército de Karabakh avança neste domingo e recupera posições perdidas pro Azerbaijão

Exército Nagorno-Karabakh lançou uma contra-ofensiva neste domingo (03) para recuperar locais estratégicos perdidos durante o segundo dia (sábado) dos pesados ​​combates entre o Azerbaijão e as forças armênias locais.

Martakert regained
Artilharia armênia posicionada em Martakert.

Em um comunicado emitido na manhã de domingo, o Exército garantiu que suas tropas retomaram uma posição “taticamente importante” perto da aldeia no norte de Talish. “O inimigo foi empurrado para trás, sofrendo perdas consideráveis”, declarou o comunicado. Há informações de que dois soldados do lado de Karabakh foram feridos durante as hostilidades.”

“As forças de Karabakh também estão realizando operações bem sucedidas no trecho sul da linha de frente”, complementou o comunicado, acrescentando que foram destruídos mais três tanques do Azerbaijão e um veículo blindado naquela região. “Os tanques do Azerbaijão destruídos até agora já chega a 15 unidades”, declarou o porta-voz do Exército de Karabakh, Senor Hasratian.

A batalha travada neste 03 de abril foi descrita como feroz na região nordeste de Karabakh, ao longo da seção meridional da “Linha de Contato”, que serve efetivamente como uma linha de frente que separa os dois lados.

Em um ato ainda obscuro e não compreendido inteiramente até agora, em outro comunicado divulgado no início da tarde, o Ministério da Defesa do Azerbaijão informou que estava chamando um cessar-fogo unilateral em resposta a apelos de organizações internacionais.

(assista)
_

Entretanto, o Ministério da Defesa de Karabakh rapidamente rejeitou o anúncio como um “truque de informação”, enquanto o exército de Karabakh chamou de “uma encenação de cessar-fogo.”

O Exército arnênio disse que, mesmo após a declaração de Baku, as tropas do Azerbaijão continuaram a atacar, não apenas posições armênias em Karabakh, mas também civis. Em particular, os disparos aconteceram ao nordeste de Karabakh, na região de Martakert, com sistemas de lançamento múltiplo de foguetes Grad e obuses 152-milimetros.

Os oficiais militares de Nagorno-Karabakh disseram mais cedo que estavam prontos para discutir os termos de um cessar-fogo, mas apenas no contexto da “restauração de posições anteriores.”

Deixe um comentário