Home Da Redação “Cem anos de cegueira”: Matéria sobre o Genocídio Armênio na edição de maio da Rolling Stone Brasil

“Cem anos de cegueira”: Matéria sobre o Genocídio Armênio na edição de maio da Rolling Stone Brasil

0

Em sua edição de maio (#105 – 2015), a versão brasileira da conceituada revista Rolling Stone traz em suas páginas uma interessante matéria sobre o Genocídio Armênio, que inclusive conta com uma chamada na capa.

Captura de Tela 2015-05-13 às 16.16.49A matéria intitulada “Cem anos de Cegueira“, muito bem escrita por Edgardo Martolio, reconhece e faz um resumo sobre o que é o Genocídio Armênio, além de citar os países que já reconheceram e critica o Brasil ao dizer que o país não reconhece formalmente o crime. O texto também relata, por meio de depoimentos, a história de uma família armênia que vivia em Ancara na época do genocídio, sofre as consequências do crime entre seus membros, mas que ainda hoje vive em solo turco.

A publicação também cita fato do Papa Francisco ter reconhecido formalmente o Genocídio Armênio, em missa realizada no Vaticano em abril passado, fato que enfureceu a Turquia, que reagiu. O presidente turco Rercep Tayip Erdogan criticou o sumo pontífice pela declaração e, imediatamente, chamou de volta seu embaixador no Vaticano. 

A nota também vai bem à fundo na questão ao abordar o caso do assassinato do proeminente jornalista armênio Hrant Dink, em 2007, pelo jovem ultra-nacionalista turco Ogun Samast. Dink era editor-chefe do jornal armênio bilingue Agós, baseado em Istambul, e um grande defensor dos direitos humanos, das questões do povo curdo, além de grande intusiasta da restauração do diálogo entre armênios e turcos.

O crime ainda está em julgamento e aponta para altos escalões do exército turco e para a organização clandestina Ergenekon, cujos membros se encontram na hierarquia estatal e que são acusados por diversos crimes.

A revista está à venda nas bancas de jornal de todo o país e continuará disponível durante o mês de maio. Importante lembrar a grande colaboração de Sergio Khachikian e todos os amigos de Osasco (SP) na realização desta matéria e que fazem a diferença na luta pela Causa Armênia.

Clicando aqui, você lê o resumo da edição 105.

Armen Kevork Pamboukdjian Editor-chefe e redator do Estação Armênia. Nascido na capital Paulista, é formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho, em skate pela faculdade das ruas e em causa armênia pela universidade da luta e resistência.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *