Home Da Redação Sargsyan desembarca em Karabakh após Azerbaijão derrubar helicóptero armênio
0

Sargsyan desembarca em Karabakh após Azerbaijão derrubar helicóptero armênio

0
Sargsyan in Karabakh
Sargsyan em Karabakh

Stepanakert (RFE / RL) e informações de Azbares – O presidente da Armênia Serzh Sargsyan voou para Nagorno-Karabakh nesta quinta-feira para acompanhar exercícios militares armênios em grande escala que estão sendo realizadas em torno do território.  A assessoria de imprensa da Sargsyan disse que “no âmbito dos exercícios” ele também vai percorrer as bases militares de Karabakh e avaliar a prontidão de combate das tropas ali estacionadas.

Fotografias mostram o presidente armênio usando uniforme do exército desembarcando de um helicóptero militar no aeroporto recentemente reconstruído de Stepanakert e foi recebido na pista por Bako Sahakian, o presidente da República de Nagorno-Karabakh.

Veja no vídeo abaixo:

Sargsyan foi retratado no final do dia assistindo exercícios por soldados de Karabakh e entregou presentes a alguns membros das forças especiais. Ele também realizou uma reunião com o alto escalão dos exércitos Armênio e de Karabakh, no que parecia ser uma grande tenda militar.

As forças armadas da Armênia e do Karabakh começaram os treinos em 6 de novembro. As duas forças supostamente estão envolvendo dezenas de milhares de soldados e centenas de tanques, além dos sistemas de artilharia.

A visita de Sargsyan vem um dia depois que as forças do Azerbaijão derrubaram um helicóptero do exército de Karabakh perto “da linha de contato”, a leste da região, em uma nova escalada de tensões no conflito de Artsakh. 

Os militares do Azerbaijão alegaram que a aeronave foi derrubada enquanto “atacava” as suas posições da linha de frente. As autoridades militares em Yerevan (Armênia) e Stepanakert (Nagorno karabagh) negaram veementemente, dizendo que o Mi-24 (helicóptero) não cruzou a linha de frente ou até mesmo levava foguetes ou outras munições em seu interior.

O presidente armênio, que nasceu em Karabakh e liderou parte das forças armênias durante a guerra com o Azerbaijão de 1991 a 1994, não deu declarações públicas sobre o incidente com o helicóptero.

O Ministério das Relações Exteriores armênio acusou Baku (capital do Azerbaijão) na segunda-feira à noite de recorrer à “provocação criminosa” para minar os esforços internacionais para a resolução pacífica do conflito de Karabakh.

O Ministério das Relações Exteriores do Azerbaijão defendeu a derrubada do Mi-24. O Ministério alegou que “o Azerbaijão está declarando o espaço aéreo acima dos territórios ocupados fechado para vôos.”

O helicóptero foi aparentemente derrubado por um míssil lançado de um ombro, caindo para terra de ninguém no distrito Aghdam parcialmente controlada pelos armênios de Karabakh. Os militares de Karabakh disseram na quinta-feira que, devido à contínua troca de tiros “intensivo” do lado do Azerbaijão, ainda não foi possível se aproximar destroços do helicóptero e recuperar os corpos de seus três tripulantes presumidamente mortos. O porta-voz do Ministério da Defesa, Senor Hasratian, disse ao serviço armênio RFE / RL (Azatutyun.am) que um dos pilotos ainda pode estar vivo.

As autoridades de Stepanakert também pediram ao Comitê Internacional da Cruz Vermelha (IRC) para ajudá-los a localizar e repatriar os pilotos. Uma porta-voz do CICV em Yerevan, disse que a Cruz Vermelha está agora analisando essa possibilidade.

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *