Home Entrevistas PLAS – Novo projeto do Dr. Stamboulian começa sua divulgação no Brasil
0

PLAS – Novo projeto do Dr. Stamboulian começa sua divulgação no Brasil

0

stamboulianO Dr. Daniel Stamboulian é um dos mais importantes médicos da Argentina e suas atividades ultrapassam as fronteiras daquele país.

Em uma iniciativa pioneira ele começou a fazer o cadastramento de todos os profissionais de origem armênia que atuam na área da saúde na América Latina.
O P.L.A.S – Profissionais Latino-americanos Armênios em Saúde que disponibiliza esse link (abaixo) para que médicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos e outros façam seu cadastro.

 www.fidec-online.org/AMIC/index-es.php

A meta é ampliar o intercâmbio entre os profissionais e fortalecer iniciativas e projetos de grande relevância no setor de saúde.  

Para quem quiser conhecer um pouco mais o Dr. Stamboulian segue um breve resumo de seus trabalhos de escala internacional.


 

Em 1987,  o renomado médico argentino de origem armênia, Daniel Stamboulian fundou em Buenos Aires a FUNCEI – Fundação Centro de Estudos Infectologicos a fim de formar material humano especializado para combater as doenças infecciosas.

Em 2001, ele fundou o FIDEC, uma organização internacional não governamental que desenvolve programas de saúde e educação em países em desenvolvimento e também na Armênia. 

O articulista do Portal Estação Armênia, James Onnig Tamdjian teve uma produtiva conversa com o coordenador médico do programa Dr. Pablo Elmassian que esclareceu algumas das iniciativas do idealizador do projeto, Dr. Stamboulian. 

PLAS

Leia abaixo:

James Onnig: Dr. Pablo Elmassian quais são alguns dos projetos coordenados de Buenos Aires que vem tendo resultado na Armênia?
Pablo Elmassian: Entre muitos projetos podemos citar:
–  Hospital Infantil de Yerevan remodelando a unidade neonatal e área de cuidados intensivos e cirurgia equipada com um laboratório de análises clínicas e microbiologia.
–  em convênio firmado com a Universidade Estadual de Yerevan, foi promovido e facilitado o intercâmbio de profissionais de saúde entre a Armênia e a Argentina.
– o FIDEC colaborou com o Programa Nacional de Imunização, doando vacinas e equipamentos e participando da campanha nacional de vacinação contra sarampo e rubéola em 2007 ajudando também no controle da hepatite.
– programas de educação também foram desenvolvidos com crianças em idade escolar em Yerevan, Armavir e Tavush promovendo um estilo de vida saudável, beneficiando 6.000 crianças nessas regiões da Armênia.
Nas áreas rurais da Armênia especificamente ainda temos dois programas específicos.  
–  Programa de Saúde Ocupacional para Trabalhadores Rurais.
– Programa de saúde para os funcionários da empresa Terras da Armênia localizada na província de Armavir que se dedica a produção de uvas para vinho.

 

JO. Dr. Elmassian nos fale um pouco mais do Programa de Saúde da Mulher na região de Tavush:
PE: Desde 2009 FIDEC lançou este programa em áreas rurais da província de Tavush. Por dificuldades econômicas que surgem na maioria das comunidades rurais na Armênia, os cuidados de saúde tornaram-se uma das últimas prioridades de seus habitantes. Para as mulheres, a situação é ainda pior já que muitas delas não consultam um médico a muitos anos, apesar de terem em alguns casos, graves problemas de saúde.

O programa inclui avaliações médicas globais, informações sobre doenças sexualmente transmissíveis, a realização do teste de Papanicolaou, ultra-sonografias, mamografias e exames de sangue. As ações não para aí. Elas incluem o monitoramento e tratamento das condições encontradas, fornecimento de medicamentos para problemas mais simples, até  a realização de cirurgias especializadas em Yerevan em caso necessário.

Este programa já beneficiou mais de 1.400 mulheres de 15 aldeias da província.  Finalmente, as mulheres pesquisadas demonstrou muito satisfeito com os objectivos e qualidade dos serviços prestados FIDEC Armenia-los. Eles também expressaram seu desejo de visitas de acompanhamento regulares em suas comunidades.

 

JO:  Como surgiram as ideias para esses projetos?

PE:  O Dr. Stamboulian participou de uma comitiva oficial argentina que em 1998 percorreu a Rússia, Ucrânia e Armênia. Ele notou as dificuldades  com a área da saúde em países que viviam sob o modelo soviético e que fizeram uma transição para a economia de mercado de uma forma abrupta. Sua atenção recaiu sobre a área de saúde pública em especial as vacinações e prevenções. Dessa forma o Dr. Stamboulian conseguiu unir forças para estas iniciativas que ajudam tantas pessoas. 

fim…

James Onnig Tamdjian Professor de Geografia e Geopolítica. Fleumático, colérico, sanguíneo e melancólico.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *