Home Da Redação Putin se reúne com Aliyev e Sargsyan em separado; tríplice encontro é esperado para domingo

Putin se reúne com Aliyev e Sargsyan em separado; tríplice encontro é esperado para domingo

0

Com informações do Asbarez*.

7725_bDireto de Sochi (Rússia) – O presidente russo Vladimir Putin realizou encontro separado neste sábado (09) com os presidentes da Armênia e do Azerbaijão na Bosharov Ruchey, residência presidencial na cidade de Sochi.

Na reunião de hoje as questões sobre a entrada da Armênia na União Econômica da Eurásia e sobre outras questões bilaterais foram discutidas, segundo a assessoria de imprensa presidencial russa.

Vladimir Putin encontrou-se com o presidente da Armênia Serzh Sarkisian em Sochi. Os líderes dos dois países discutiram as relações da Armênia e Rússia em várias áreas bem como as vias para a resolução do conflito de Nagorno-Karabakh (Artsakh),” dizia um comunicado oficial do Kremlin neste sábado.

Sobre o tema mais importante, é aguardado um encontro tripartite entre os presidentes neste domingo (10) para discutir uma solução para o conflito de Nagorno-Karabakh (Artsakh).

O porta-voz armênio Narek Nikoghosyan se pronunciou sobre a reunião de domingo entre Aliyev e Putin em sua página no Facebook: “Aliyev do Azerbaijão terá de explicar a lógica por trás das aventuras militares de seu país e da retórica racista.”

As  tensões na fronteira de Nagorno-Karabakh com o Azerbaijão que aumentaram nos primeiros dias de agosto quando forças azeris lançaram uma grande ofensiva contra a fronteira norte da região na noite de 31 de julho, segundo comunicado do Ministro da Defesa da República de Nagorno-Karabakh.

A ofensiva resultou na morte de dois soldados do lado armênio. De acordo com as informações azeris, oito soldados do país teriam sido mortos durante o ataque repelido pelas tropas de Artsakh (leia mais, aqui). 

Após a repercussão da ofensiva, o presidente do Azerbaijão Ilham Aliyev, chegou a postar cerca de 60 mensagens em sua conta na rede social Twitter ameaçando reiniciar os conflitos com a Armênia e Nagorno-Karabakh (veja aqui).

1055966

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *