Home Da Redação Delegação da Igreja Apostólica Armênia do Brasil participa de encontro em Aparecida/SP

Delegação da Igreja Apostólica Armênia do Brasil participa de encontro em Aparecida/SP

0

Na última terça-feira, dia 6 de maio, os eclesiásticos da Igreja Apostólica Armênia do Brasil, participaram como convidados da 52ª Assembléia Geral da CNBB, no Vale do Paraíba em São Paulo.

A delegação, formada pelo Prelado Titular da Igreja Apostólica Armênia no Brasil Hayr Sourp Nareg Berberian e pelos Arciprestes Der Yeznig Guzelian e Der Boghos Baronian, teve a oportunidade de incrementar o dialogo com outras denominações religiosas.

Nesta breve entrevista ao Portal Estação Armênia Hayr Sourp Nareg Berberian fala um pouco da visita a Basílica e sobre o evento.

Portal Estação Armênia: Antes de tudo muito obrigado por atender o Portal Hayr Nareg. Em sua opinião qual a importância para a Igreja Apostólica Armênia do Brasil participar de um encontro promovido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil(CNBB)?
Hayr Nareg Berberian: É muito importante que a Igreja Apostólica Armênia esteja representada e sempre tenha um representante nos diálogos e círculos ecumênicos. Precisamos ser uma Igreja sempre presente e permitir que outras denominações conheçam a nossa história e assim saber quem somos tanto como Igreja bem como no sentido de nação.

Portal Estação Armênia: Qual foi o evento e quais assuntos foram tratados?
Tivemos a honra de ser convidados a participar de um culto ecumênico e estar presente e em oração com várias denominações a fim de fortalecer a unidade entre os cristãos. Particularmente tive a oportunidade de dirigir a minha palavra em nome da Diocese da Igreja Apostólica Armênia do Brasil e me dirigir a cerca de 300 bispos e arcebispos e também conhecer alguns deles.

Portal Estação Armênia: Sabemos que o senhor está conhecendo o Brasil. O que achou de Aparecida?
Trata-se de um lugar magnífico. Uma Basílica magnífica. Uma catedral onde a serenidade e a sacralidade no levam a meditar, rezar e fortalecer as nossas almas e nossos corações.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *