Home Da Redação Carta dos armênios de Kessab para o mundo

Carta dos armênios de Kessab para o mundo

0
7

Os armênios de Kessab, Síria, que fugiram de ataques de militantes extremistas da Turquia e atualmente vivem em refúgio em Latakia, emitiram um apelo dirigido aos armênios de todo o mundo. O texto integral da carta segue abaixo.

[blockquote style=”2″]

“No Dia das Mães, 21 de março de 2014, a nossa bela cidade foi brutalmente atacada por extremistas ligados à Al- Qaeda, com as bênçãos e pleno apoio militar e logístico do governo turco.

Antes do nascer do sol, nós acordamos para o horror de uma chuva de mísseis e foguetes caindo sobre nossa cidade. Milhares de extremistas cruzaram as fronteiras. Mísseis foram disparados da Turquia para destruir a bela Kessab e para celebrar a aproximação do 100 º aniversário do Genocídio Armênio. Heróis de Kessab defenderam a cidade com suas armas de caça simples até que mais forças do governo sírio vieram para revidar o ataque horrível em nossa cidade. Se os moradores de Kessab não fossem informados a deixar suas casas por esses heróis, o mundo teria silenciosamente testemunhado mais um genocídio e ficariam calados enquanto a mídia dar-lhes-ia uma outra versão, cheia de mentiras.

Kessab sempre foi o lar de milhares de armênios durante séculos. A primeira tragédia agonizante em Kessab aconteceu em abril de 1909, quando uma turba de milhares de homens turcos atacaram a cidade, roubando e queimando casas. 161 armênios foram mortos neste ataque brutal. Em 1915, durante o Genocídio Armênio, tropas turcas invadiram a cidade e iniciaram as deportações que ceifaram a vida de quase 5000 armênios de Kessab. O Genocídio Armênio comandado pelos turcos em 1915 tirou a vida de um milhão e meio de armênios. Mais armênios estão sendo mortos na Síria, e muitos ainda serão se nada for feito. Os árabes da Síria nos abrigaram, cuidaram de nós, nos ajudaram a ficar em pé e a sobreviver através desta horrível memória de morte e destruição e seremos eternamente gratos a eles. Desde então, vivíamos em paz e harmonia com outras seitas, como uma grande família em uma casa chamada Síria.

Hoje precisamos de ajuda mais uma vez porque, infelizmente, o governo turco se atreveu a atacar armênios mais uma vez ignorando a causa armênia. Com este ato, a Turquia recusou-se, mais uma vez, a reconhecer o Genocídio Armênio perpetrado pelos turcos e está contribuindo com o assassinato de mais de armênios na Síria. Não temos nada contra o povo turco. Temos vivido como vizinhos deles e queremos continuar a viver como vizinhos. Lutamos contra o governo turco, que apoia e facilita o assassinato dos moradores de Kessab por terroristas. Nós só queremos a nossa cidade de volta, ou o que resta dela. Estamos de coração partido pelos inúmeros vídeos e fotografias que mostram como esses extremistas estão destruindo e queimando a nossa bela cidade. Todos os sírios sabem que onde quer que esses extremistas entrem, somente morte e destruição são deixadas para trás.

Nossas casas foram tomadas de nós, séculos de nossa herança foi destruída.

Este é um chamado para todos os armênios. Este é um chamado para a humanidade. O mundo precisa ouvir a verdade. Erdogan e seu governo são criminosos de guerra. Precisamos da sua ajuda. Precisamos que você tome uma atitude. Nossas vidas dependem da esperança de que você faça alguma coisa para ter certeza de que nós também não morremos. Fomos forçados a sair de nossas casas e nossa cidade com nada além das roupas que vestíamos. Se ficássemos para coletar mesmo que apenas as necessidades básicas, teríamos definitivamente morrido. A maioria de nós não consegue nem escapar porque não temos os nossos passaportes ou documentos de identificação. Por favor, peça a intervenção de seus governos, da ONU, de qualquer outra autoridade que você acredite que pode nos ajudar. Tudo o que queremos fazer é viver. Se você ignorar isso, vamos todos morrer uma morte horrível nas mãos desses terroristas, sendo massacrados a sangue frio como muitos outros armênios em Aleppo, Yacoubiyeh, Ghenemiyeh, e em torno da Síria.

Aqueles que vocês chamam de rebeldes são extremistas, que vieram para a Síria para a jihad de muitas nacionalidades, como os afegãos, tchetchenos, e sauditas. Moradores de Kessab e de toda a Síria são atacados e mortos por eles. A mídia não pode esconder a verdade para sempre. Aqueles que vocês chamam de rebeldes objetivam atacar civis.

Você não acha que muito sangue inocente já foi derramado? Você não acha que a destruição já é suficiente? Nós todos vivíamos em paz e felizes há apenas três anos atrás. Esta não é uma revolução, esta é uma guerra. E o exército sírio está agora em Kessab lutando para se certificar que os armênios irão voltar às suas casas com segurança.”

[/blockquote]

kessab6

Comment(7)

  1. Por isso que falo, os turcos nunca foram grande coisa…..o Povo armênio é lindo vocês ai do governo Turco mascarado não digo a população pois foi manipulada esconderam os fatos para seu povo que acreditaram nessa mentira que nunca houve o genocídio 1915, o que pensar há séculos passados o Rei turco mandava matar os seus sucessores ao trono crianças inocentes recém nascidos por pura ganância, que isso, uma dádiva da vida apagar assim !!!!! Nunca vão apagar nossa historia, o meu sangue e o sangue dos nossos irmãos …..vão lutar contra essa barbárie…..

  2. Amigos do face- AJUDE COMPARTILHANDO – este apoio é fundamental, para que mais pessoas saibam o que esta acontecendo com os armênios de Kessab ( aldeia na Síria onde nasci). É um chamado para a humanidade. Se colocar no lugar de cada uma das pessoas que teve que sair de lá com a roupa do corpo é um exercício de humanidade e divulgar é um apoio inestimável.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *