Home Da Redação Câmara Municipal de Los Angeles reconhece a República de Nagorno-Karabagh

Câmara Municipal de Los Angeles reconhece a República de Nagorno-Karabagh

0

Fonte: Asbarez

(LOS ANGELES) Em um ato histórico, que coroa o compromisso com o direito à auto-determinação do povo da República de Nagorno- Karabakh, o Conselho Municipal(equivalente a Câmara Municipal) de Los Angeles aprovou por unanimidade uma resolução apresentada pelo Conselheiro Municipal( equivalente a vereador) Paul Krikorian, reconhecendo a independência da República de Artsakh.

Paul-Krekorian-Square
O Conselheiro Municipal de Los Angeles Paul Krikorian (esq) e o prefeito de Shushi Artsvik Sarksyan

A resolução foi apresentada em 10 de setembro de 2013 no contexto da viagem de Krikorian para a Armênia e Artsakh naquele mês, integrando uma comitiva oficial do estado da Califórnia.

Ao visitar Artsakh , Krikorian e os membros da delegação participaram da inauguração oficial do Parque da Amizade Los Angeles, na cidade de Shushi na República de Nagorno- Karabakh .

A Diretora – Executiva do Conselho Nacional Armênio da Costa Oests (ANCA- WR) declarou:  Queremos agradecer Paul Krikorian e a cidade de Los Angeles. Com sua liderança e o compromisso de seus pares com a verdade e a justiça adotaram uma resolução reconhecendo a independência de Artsakh”

Em 2012, durante uma visita a Los Angeles, o porta-voz do Parlamento da  República de Nagorno Karabgh Ashot Ghulian, Paul Krikorian disse: “Hoje Artsakh é verdadeiramente um Estado democrático , soberano e independente“, Durante essa visita , então vereador e atual prefeito de Los Angeles Eric Garcetti acolheu Ghulian e prometeu o empenho pela cidade de Los Angeles para o direito das pessoas do Artsakh à autodeterminação. Naquela ocasião o atual prefeito disse: “Apesar de as autoridades federais dos EUA ainda não reconheceram a independência da República de Nagorno Karabakh , nós somos o povo deste país e nossa decisão é inquebrável. Estamos orgulhosos de que Los Angeles foi o primeira a dar um passo que reconhece o direito do povo de Artsakh à autodeterminação “.

A resolução adotada também faz uma homenagem em seu texto que diz:  ” A República de Artsakh é fruto dos sacrifícios, dedicação e determinação demonstrada pelo seu povo que triunfa em extrema adversidade.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *