Home Eventos Tashnagtsutiun de São Paulo rememorou datas importantes para armenidade

Tashnagtsutiun de São Paulo rememorou datas importantes para armenidade

geral da festa

No último sábado, dia 10 de agosto, nas dependências do Clube Armênio, a Associação Cultural Armênia de São Paulo (Tashnagtsutiun) rendeu homenagens aos heróis de Khanassor, aos jovens de Lisboa e aos 93 anos do Tratado de Sevres.

Um centena de compatriotas compareceram em um ambiente familiar e de muita armenidade. O evento contou com a apresentação do enguer Yervant Tamdjian como mestre de cerimônias que, após a execução dos hinos do Brasil, da Armênia e do Tashnagtsutiun, convidou o Arcebispo Datev Karibian para a oração e benção da noite.

Em nome do Tro Comite do Tashnagtsutiun de São Paulo falou o enguer Sarkis Kalaydjian que discorreu sobre o significado da expedição de Khanassor e o ato dos jovens de Lisboa. Em suas palavras “esses atos são representativos da constante luta dos armênios para persistir na busca de seus direitos”. Ele exortou a comunidade a apoiar as entidades e a escola armênia como berço da nossa cultura. Por fim deu vivas aos heróis armênios, síntese da nossa existência.

A noite foi abrilhantada pelo Grupo de Danças Típicas Armênias “Kilikia” do Hamazkayn – Filial São Paulo que brindou os presentes com belos números de dança armênia (assista abaixo).


A fim de manter o clima de armenidade os organizadores fizeram questão de brindar os presentes com um cardápio tipicamente armênio ao som de músicas revolucionárias.

O enguer Onnig Tamdjian, representante do Conselho Nacional Armênio – CNA- Sucursal Brasil, discorreu sobre o significado do Tratado de Sevres para as aspirações territoriais do povo armênio.

A parte artística contou ainda com duas participações muito especiais: o enguer Garo Hovanessian declamou poema “Tukht ar Yerevan” de autoria de Antranig Tzarugian e que encarna todas as epopeias elevando o espírito de armenidade dos presentes. A engueruhi Lia Kiledjian deu continuidade ao fazer uma leitura emotiva da letra da canção de Karnig Sarkissian em homenagem aos 5 jovens de Lisboa que emocionou a todos.

Khanassor, Sevres e Lisboa vão continuar sempre na memoria do povo armênio.

Veja mais fotos abaixo:

Deixe um comentário