Home Da Redação Aznavour nega críticas ao Governo da Armênia

Aznavour nega críticas ao Governo da Armênia

0

(ArmeniaNow) .- O Kremlin recebeu o cantor e compositor renomado de orgiem franco-armênia, Charles Aznavour, que deu um concerto em 12 de dezembro durante o qual o mestre apresentou o seu novo álbum, no contexto de sua turnê mundial de despedida chamada ” toujours Aznavour “.

Segundo o site do jornal lifeshowbiz.ru, Aznavour aproveitou a ocasião para atacar as condições de seu país natal, afirmando que ” A Armênia agora enfrenta um genocídio interno. Considero que é politicamente inaceitável. Não deixam a Armênia respirar , o governo está privando o seu próprio país de jovens, fazendo com que emigrem. E, nesse sentido, a questão já deixa de ser apenas política, tornou-se universal. Tem que ser resolvido“.

Seus comentários despertaram algum debate em redes sociais, e a maioria dos membros da comunidade armênia elogiaram o comentário de Aznavour. Mas quando as pessoas se perguntaram por que ele não renuncia oo cargo de embaixador na Suíça, do seu próprio governo, Aznavour negou a notícia e disse: “Eu nunca disse isso. Acho que isso foi devido a uma má tradução”.

Armen Kevork Pamboukdjian Editor-chefe e redator do Estação Armênia. Nascido na capital Paulista, é formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho, em skate pela faculdade das ruas e em causa armênia pela universidade da luta e resistência.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *