Home Da Redação Agradecimento ao BirthRightArmenia – Por: Philipe Arapian
2

Agradecimento ao BirthRightArmenia – Por: Philipe Arapian

2

Por: Armen Kevork Pamboukdjian –

Como alguns descendentes de Armênios no Brasil sabem, na Armênia existem organizações que visam um intercambio com trabalho voluntário para jovens descendentes de Armênios de todas as partes do mundo. Os jovens moram e trabalham na Armênia e tem a oportunidade de conhecer Armênios de todas as partes do planeta.

Uma dessas instituições é o Birth Right Armenia que já recebeu outros jovens da colônia Armênia do Brasil, e o jovem Philipe Arapian também participou numa estada na Armênias de quase 4 meses como voluntário.


Inclusive quando estive na Armênia com a delegação brasileira por ocasião dos V jogos Pan Armênios em agosto passado, encontrei com o Philipe em Yerevan e pude conversar um pouco com ele Nesta breve conversa consegui sentir e ver em seu semblante toda a satisfação em estar na terra dos seus antepassados.

Philipe se despediu da Armênia, já está de volta ao Brasil e publicou um belo texto de agradecimento no blog do Birth Right Armênia que lhe deu uma das maiores oportunidade da vida.

Aos interessados em trabalho voluntário na Armênia aqui vão alguns links de instituições:

Birth Right Armenia – http://www.birthrightarmenia.org/

Armenian Volunteer Corps – http://www.armenianvolunteer.org/

Projeto Ari Tun – http://aritun.mindiaspora.am/


Confira abaixo a reprodução na íntegra do texto.

Por Philipe Arapian (São Paulo, Brazil) –

O que posso dizer em tão pouco espaço sobre a oportunidade que o Birthright Armenia me proporcionou e proporciona há mais de 8 anos pra todos os armênios da Diáspora?

Tive uma das maiores experiências da minha vida, vivi por quase 4 meses no país dos meus ancestrais, aprendi a nossa língua materna, conheci lugares históricos e vivi o dia-a-dia de quem mora aqui e enfrenta todas as dificuldades de se morar em um país que ainda sofre muito por ser tão novo (embora tenha mais de 5000 anos de historia, possui somente 20 anos de independência).

A oportunidade que nos é oferecida de poder trabalhar aqui, morar tanto em Gyumri como em Yerevan (e até mesmo em um vilarejo) é uma oportunidade que nenhum armênio de qualquer parte do mundo pode deixar escapar.

Além disso, conhecer armênios do mundo todo, conhecer pessoas super importantes em nossos fóruns (com assuntos sempre muito interessantes), ter excursões sempre muito animadas e divertidas, além dos nossos “havaks” (com filmes e atividades sempre muito educacionais ajudando o país com um trabalho voluntário); enfim, é muito difícil encontrar algum argumento que consiga ir na direção contrária

Armen Kevork Pamboukdjian Editor-chefe e redator do Estação Armênia. Nascido na capital Paulista, é formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho, em skate pela faculdade das ruas e em causa armênia pela universidade da luta e resistência.

Comment(2)

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *