Home Da Redação Jovem armênio perde a vida na Síria após disparo acidental

Jovem armênio perde a vida na Síria após disparo acidental

No domingo, 12, a comunidade Armênia da cidade de Kamishli na Síria sofreu um duro golpe. 

Sako Manoug 10Sako Manougian, um dos muitos jovens comunidade local responsáveis pela vigilância e a segurança da igreja Surp Hagop, estava de guarda em seu turno quando sua arma disparou acidentalmente durante o procedimento de limpeza, de acordo com relatos da comunidade local. 

Durante o atual conflito vivido pela Síria, tem se tornado cada vez mais comum cidadãos armênios se armando a fim de garantir a segurança de suas igrejas, escolas e comércios.

Sako, de 25 anos, era escoteiro e membro ativo da juventude armênia da cidade. Durante o cortejo fúnebre, centenas de pessoas que foram prestar suas homenagens entoavam músicas patrióticas armênias.

*Com colaboração de Andre Hagop

Conflito: 

O número de armênios na Síria antes do confronto somava cerca de 100 mil pessoas, a maioria vivendo em Alepo  Estima-se que o conflito diminuiu esse número em 25%, sendo que 7 mil desses migraram de volta à Armênia. 

O número de mortos na guerra civil de dois anos na Síria ultrapassa os 80 mil, um aumento de cerca de 20 mil desde o início do ano, segundo declaração do presidente da Assembleia-Geral da ONU, Vuk Jeremic, nesta quarta-feira, 15.

Segundo o site de notícias Tert, 40 armênios foram mortos durante o período de conflito, e cerca de 15 foram sequestrados.

Armen Kevork Pamboukdjian Jornalista de formação, é editor-chefe do site Estação Armênia.

Deixe um comentário