Home Da Redação Lançamento de “O grito do cordeiro”, de Luis Carlos Magaldi, na UGAB

Lançamento de “O grito do cordeiro”, de Luis Carlos Magaldi, na UGAB

0

No próximo dia 18 de abril (quinta-feira), à partir das 19h, a União Geral Armênia de Beneficência (UGAB) recebe o lançamento do livro “O grito do cordeiro”, do autor Luis Carlos Magaldi, pela Editorial 25.

UGAB, Cordeiro, livro, Magaldi

O Romance conta a história de Azniv, mulher armênia forte e corajosa que, quando menina, se vê confrontada com a brutalidade do Genocídio Armênio perpetrado pelo governo turco dentro de suas fronteiras que teve início em  1915; mostra as marcas que esse crime deixou dentro dela e as experiências de sua vida a partir daí: sua fuga forçada para outro país, distante de sua terra natal; o amor impossível que desabrocha em sua vida; e o suceder de fatos que marcaram sua vida e a história do século XX, numa retrospectiva dessa época de vital importância na História da humanidade.

Aborda as dificuldades e sucessos na trajetória da vida de uma mulher que se confunde com a trajetória de um povo em diáspora pelo mundo, batalhando arduamente para manter suas raízes e sua identidade, lutando pelo reconhecimento de um crime terrível e brutal que alterou a história de uma nação e de toda a humanidade.

A história é baseada em fatos históricos e foi embasada em extensa pesquisa e em entrevistas com os descendentes dos sobreviventes do Genocídio, além de autoridades políticas e religiosas.

Serviço: 

Data: 18/04/2013
Horário: A partir das 19 horas
Local: UGAB BRASIL
Endereço: Rua Natingui, 1545 – Pinheiros (SP).
Telefone: (11) 3814-9299

http://www.ugab.com.br

_

No sábado, dia 20 de março Luis Carlos Magaldi estará no Clube Armênio aonde participará do Ciclo de Palestras sobre a Armênia e o Genocídio Armênio promovido pelo Portal Estação Armênia com apoio da juventude Armênia SAMA.

 

Armen Kevork Pamboukdjian Editor-chefe e redator do Estação Armênia. Nascido na capital Paulista, é formado em jornalismo pela Universidade Nove de Julho, em skate pela faculdade das ruas e em causa armênia pela universidade da luta e resistência.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *