Home Esportes Saltador armênio Gor Nerkararyan fica em 4° competindo no Ibirapuera

Saltador armênio Gor Nerkararyan fica em 4° competindo no Ibirapuera

Gor 7,79Nascido em Vanadzor, o atleta armênio de salto em distância, Gor Nerkararyan, completou 20 anos no mês de março passado no Brasil. Ele chegou no dia 6 de fevereiro deste ano, como parte de um programa de desenvolvimento da Federação Internacional, visando sua preparação para as Olimpíadas de 2016. 

Com pouco mais de 15 dias no Brasil, Gor participou do Torneio Adulto da FPA (Federação Paulista de Atletismo), realizado no dia 23 de fevereiro na pista do Ibirapuera em São Paulo, e ficou com a sexta colocação, ao saltar 7,46m. 

No dia 27 de março ele participou de sua segunda competição em solo brasileiro, no Festival de Velocidade e Saltos, e conseguiu melhor resultado, finalizando na quarta colocação (veja todos os resultados aqui).  

Abaixo, assista ao vídeo do salto:

O Portal Estação Armênia conversou com o atleta:

 Como foi a participação no Torneio Adulto da FPA realizado na Pista do Ibirapuera?

A participação foi boa, uma vez que eu bati o meu próprio recorde. Estou muito feliz.
O meu recorde pessoal era 7.62m, mas nessa competição eu atingi 7.79m e fiquei com a quarta colocação. 

Fale um pouco sobre sua carreira: 

Comecei no esporte com 13 anos de idade. Mas os melhores resultados começaram a aparecer quando eu tinha 15 anos, quando fiquei em terceiro lugar em um campeonato da modalidade na Turquia. Foi ai que dei continuidade a carreira. 

Outra realização (sucesso) foi no Campeonato Mundial da Juventude, realizado em 2009 na Itália, quando eu tinha 16 anos, e saltei 6.53m. Participei também nas olimpíadas na Finlândia, mas infelizmente o resultado não foi tão agradável. Já em 2010, devido a algumas lesões, não me apresentei bem. 

Em 2011, participei nas Olimpíadas da Juventude que foi organizada em Tallin, na Estônia. Entre 40 atletas participantes, eu fiquei em 15° lugar, ao saltar 7.46m. Ainda em 2011, eu saltei 7.62m na 5ª edição dos jogos Pan-Armênios e fiquei em 3° lugar.

Em 2012, saltei os mesmo 7,62 na XIV edição dos Jogos Mundiais da Juventude (IAAF) em Barcelona, mas não fiquei com uma boa colocação.

Quais seus planos para o futuro? 

Agora estou no Brasil e vou ficar 2 anos aqui para me preparar para Olimpíadas do Rio de 2016. 

Você gostaria de agradecer alguém? 

Sim. Quero agradecer o meu personal trainer Vaghinak Nazaryan. Graças a ele eu tive todo este sucesso.

Eu agradeço também aos meus técnicos brasileiros Nelio Alfano Moura e Tania Moura. Eu não entendo português, mas eles me ajudam durante de treinos e depois dos treinos também. Eu quero agradecer também ao presidente da Federação de atletismo da Armênia Sr. Robert Emmiyan, porque foi ele que me ajudou a vir e treinar aqui, no Brasil. Ele faz um imenso trabalho para que atletismo na Armênia progrida e prepara atletas. 

Quero agradeçer também a toda equipe do ministério do esporte da Armênia, especialmente ao ministro do esporte Sr. Hrachya Rostomyan, bem como ao ministério da defesa da República da Armênia e toda comunidade armênia no Brasil, que sempre tenta me ajudar!

***Tradução com colaboração de Arthur Haroyan.

Armen Kevork Pamboukdjian Jornalista de formação, é editor-chefe do site Estação Armênia.

Deixe um comentário