Home Da Redação Corte armênia não encontra fraudes e decide manter os resultados das eleições

Corte armênia não encontra fraudes e decide manter os resultados das eleições

0

A Corte constitucional da Armênia na última quinta-feira(14) ratificou os resultados das eleições presidenciais de 28 de fevereiro, rejeitando os apelos de dois candidatos da oposição que alegavam fraude na apuração dos resultados. Não cabe recurso à decisão.
292EE41E-66F8-47BB-9E42-10084842CCCB_w640_r1_s
O resultado oficial da eleição mostrava 58,6% dos votos para Sargsyan e 37% para o candidato da oposição Raffi Hovhannisian.

Hovhannisian liderou um movimento que denunciava fraudes nas eleições, atualmente está em greve de fome na Praça da Liberdade de Yerevan, palco de protesto de milhares que apoiam o movimento.

Vamos continuar nossa luta política no âmbito da lei e constituição até que ganhemos”, disse Hovsep Khurshudyan, porta-voz do partido de Hovhanissian.

Um membro do Tribunal Constitucional da Armênia na quarta-feira expressou preocupação com irregularidades relatadas durante as eleições presidenciais do mês passado, afirmando publicamente que eles têm desconfianças dos resultados oficiais.

Kim Balayan disse que muitos armênios estão “insatisfeitos” com os resultados oficiais. Ele disse que quer ter a “consciência tranquila” se decidir apoiar os recursos interpostos por Hovhannissian e Ghukasian Andreas.

Representantes da polícia e promotores que testemunharam na audiência disseram que a polícia investigou mais de 250 relatos de fraude, mas na grande maioria dos casos as testemunhas não estavam dispostas a depor quando procurados por autoridades judiciais. Zaruhi Postanjian, um representante do Hovhannissian, atribuiu isso a um “clima de medo”.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *