Home Da Redação Líder curdo se desculpa por papel de seu povo no genocídio

Líder curdo se desculpa por papel de seu povo no genocídio

0

Via Asbarez

O líder curdo Ahmet Turk pede desculpas pelo genocídio
O líder curdo Ahmet Turk pede desculpas pelo genocídio

Um influente líder curdo na Turquia, em entrevista publicada no último domingo (03/02) reconheceu o papel desempenhado pelos curdos no genocídio armênio e se desculpou com os armênios em nome do povo curdo.

O membro do parlamento turco e vice-presidente do partido pró-curdo Congresso da Sociedade Democrática, Ahmet Turk, disse que em 1915 os curdos tiveram um grande papel na tortura e massacre de armênios, assírios e yezidis e, como turco, ele pedia desculpa ao povo armênio em nome de todos os curdos.

Na entrevista, Turk, que também é um mediador no diálogo entre o governo turco e o líder encarcerado do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), Abdullah Ocalan, incitou o primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan a seguir o exemplo e reconhecer o genocídio armênio.

Ele explicou que a população curda cometeu crimes contra os armênios em 1915: “nossos avós e pais foram usados nas injustiças perpetradas contra os armênios, assírios e yezidis. Temos sangue nas nossas mãos. Com o sangue desses povos, eles mancharam suas próprias mãos. Assim, no papel de seus filhos e netos, nós nos desculpamos”, declarou Turk.

Numa nota relacionada, o chefe de uma das maiores empresas da Turquia, Itzak Alaton, incitou o Centro Turco de Pesquisa Sócio-Econômica a buscar o reconhecimento do país ao genocídio armênio.

“24 de abril está logo ali. Vamos mudar nossa política negacionista. Eu estou cansado de ter medo de encarar nosso passado. Vamos elevar nosso tom de voz para nossos deputados em Ancara para que esses também elevem suas vozes para os partidos políticos e líder a fim de tirarmos os nossos esqueletos dos armários”, disse Alaton, dirigente da Alarco Corporation na Turquia.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *